Home Notícias Resíduos de contêineres que caíram no mar em Santos são encontrados em...

Resíduos de contêineres que caíram no mar em Santos são encontrados em Peruíbe

848
0
SHARE

Neste sábado, o Departamento Municipal de Agricultura e Meio Ambiente de Peruíbe informou os órgãos ambientais sobre a localização de despejos em praias fechadas do Mosaico da Juréia, uma área de preservação ambiental. A prefeitura publicou na sua página no Facebook que notificou o fato para a CETESB, o BIOPESCA e a Fundação Florestal.

“Em parceria com a gestão do Parque Itinguçu foi contatada a seguradora do armador do navio, a Proind. O Supervisor de Operações da empresa, Edelson Alves, encontra-se na cidade. Em contato com a Diretora do Departamento de Meio Ambiente da Prefeitura, informou que está tomando as providências para aplicar o plano emergencial de retirada de materiais. Ele acrescentou que haverá um monitoramento das praias, e declarou que até o momento nas praias do Centro de Peruíbe, praias do Costão e do Guaraú, não há registro da chegada de despejos provenientes dos containers” afirma a publicação da prefeitura de Peruíbe.

Os resíduos são provenientes dos 46 contêineres que caíram de um navio na barra de Santos, a 100 km de distância, foram localizados na orla da cidade, segundo informações do G1. A empresa responsável pelos compartimentos informou que já iniciou um plano emergência para retirar os materiais.

Há uma semana, os contêineres foram lançadas ao mar, a quatro quilômetros da costa, depois que o navio Log-In Pantanal foi atingido por ondas de até 4,5 metros. A embarcação aguardava para realizar manobra de entrada no Porto de Santos. Mercadorias, que ficaram espalhadas, foram saqueadas.

Oito contêineres flutuaram e alguns encalharam em praias de Guarujá (SP) e Praia Grande (SP). Resíduos foram localizados na orla das cidades da Baixada Santista nos dias seguintes ao acidente. O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) acompanha os impactos.

(Foto: Divulgação/Prefeitura de Guarujá )

Desde o ocorrido, a Log-In montou uma força-tarefa para limpar as áreas atingidas.  Até sexta-feira (18), ao menos 23 mil litros de resíduos já tinham sido recolhidos da orla de cidades que registraram o encalhe de resíduos.

Fonte: G1

Postagem: Lucas Galante

LEAVE A REPLY