Home Notícias Aeroporto de Itanhaém começa a ser administrado por consórcio privado

Aeroporto de Itanhaém começa a ser administrado por consórcio privado

140
0
SHARE
Foto: Divulgação Prefeitura de Itanhaém

O governador Geraldo Alckmin assinou o contrato para a concessão do Aeroporto Antônio Ribeiro Nogueira Júnior, de Itanhaém, ao consórcio privado Voa São Paulo. O local será administrado em operação assistida com o Departamento Aéreo do Estado de São Paulo (DAESP) e, depois de 90 dias, será entregue ao novo administrador.

O consórcio Voa São Paulo é formado pelas empresas Terracom Construções (líder do grupo com 42,5% das ações), Estrutural Concessões de Rodovias (29,51%), MPE Engenharia e Serviços S.A. (15%), Nova Ubatuba Empreendimentos e Participações LTDA (12,5%) e ALC Participações e Empreendimentos (0,49%).

A oferta selecionada pela entidade foi de R$ 24,439 milhões, o que representa ágio de 101% sobre o valor mínimo de outorga previsto para a licitação (R$ 12,159 milhões), valor destinado ao governo estadual. A concessão envolve outros quatro aeroportos do Estado. Ao longo dos 30 anos de contrato, a concessionário deve investir cerca de R$ 93 milhões no conjunto. O aeroporto de Itanhaém receberá R$ 15,78 milhões deste montante, sendo R$ 3 milhões no primeiro ano.

O aeroporto de Itanhaém possui pista de 1.350 metros – que será expandida para 1.560 – e terminal de passageiros com 1.560 m², com estacionamento para 50 veículos. No ano de 2016, recebeu 13.479 passageiros e 11.538 aeronaves, sendo o 4º mais movimentado da rede do Estado neste período.

No último mês, o aeroporto registrou um número crescente de embarques e desembarques, que subiram 25,6% em relação ao mesmo período do ano passado, de 1.039 para 1.305. Já os voos cresceram de maneira considerável: 1.125, contra 545 no mesmo período anterior. O aumento registrado é de 106% e o valor acumulado em todo o ano é de 3.513.

Fonte: Comunicação Prefeitura de Itanhaém

Postagem: Lucas Galante

LEAVE A REPLY