Home Notícias Itanhaém sofre com alagamentos após fortes chuvas

Itanhaém sofre com alagamentos após fortes chuvas

632
0
SHARE
Situação em frente de casa por volta das 18h30 – Crédito: Rodrigo Herrero

Itanhaém sofre com as fortes chuvas que caem no litoral paulista desde a noite de sexta-feira. Tudo começou por volta das 16h e só foi parar próximo ao meio-dia de sábado, com o resultado de um acumulado de 321,70mm de água nesse período (assista ao vídeo a abaixo). Para se ter uma ideia, em Santos, que recebeu 260mm de água, a prévia do mês de março é de 280mm.

A cidade de Itanhaém é que mais recebeu água (veja em tabela completa abaixo). O resultado do temporal e praticamente ininterrupta foi o alagamento de vários pontos da cidade. Relatos de moradores no Facebook da Prefeitura informaram que bairros como Suarão, Tupy, Belas Artes, Fazendinha, Campininha e Cibratel  estavam com ruas alagadas e com a água invadindo casas (confira atualização abaixo).

Não mais ilhados

Aqui em Cibratel 2, bairro onde moro, avenidas principais como a São Paulo sofreram com as enchentes. Um ponto  crítico é justamente a minha rua, a Canadá, que está em frente a um terreno preservado de Mata Atlântica e próximo a um rio, que transbordou com as chuvas e ocupa a rua desde a madrugada de sábado (confira atualização abaixo).

A Defesa Civil informou, por telefone, que está priorizando as pessoas que tiveram suas casas invadidas pela água e sugeriu entrar em contato na segunda-feira (somente em horário comercial) com a Prefeitura de Itanhaém para pedir que o departamento de obras envie uma equipe para tentar desobstruir o rio de algum lixo ou sujeira, caso seja o caso, para a água baixar.

O site da Prefeitura de Itanhaém, bem como suas redes sociais, não informam nenhuma recomendação aos moradores sobre o que fazer. Segundo o Portal G1, a Guarda Civil Municipal montou uma equipe para atender aos chamados com dois caminhões, um barco e um microônibus caso alguém precise ser removido.

Na manhã de sábado, voltei à porta de casa para ver como estava o nível da água e, debaixo de chuva, tudo permanecia igual

ATUALIZAÇÃO 19h10 de domingo (19):

A água cedeu boa parte da rua até a minha casa e é possível sair de casa à pé ou mesmo de carro, embora água na sarjeta ainda chegue até o tornozelo, o que dá um certo medo de entrar água no carro. Porém, no resto da rua sentido rio, continua tudo alagado. os vizinhos seguem praticamente ilhados.

Em rápida saída para o mercado deu para ver que boa parte de Cibratel e Belas Artes está tudo bem. Porém, aqui em Cibratel 2, na Avenida São Paulo (uma das principais vias do bairro, que liga a praia à estrada) e nas áreas mais próximas ao rio, segue tudo debaixo d’água.

Chuva até o início da tarde de sábado (18)

  1. Itanhaém – 321,70mm
  2. Mongaguá – 277,13,64mm (atualizado às 12h)
  3. Guarujá – 227,21mm
  4. Santos – 223,34mm
  5. São Vicente – 215,95mm
  6. Bertioga – 205,93mm
  7. Praia Grande – 195,80mm
  8. Cubatão – 168,56mm
  9. Peruíbe – 93,43mm

Fonte desta lista: Prefeitura de Mongaguá

Texto e Fotos: Rodrigo Herrero

LEAVE A REPLY