Home Notícias Microempreendedores ampliam negócio com empréstimos do Banco do Povo

Microempreendedores ampliam negócio com empréstimos do Banco do Povo

393
0
SHARE

Com o entrave na economia do Brasil, o número de empregos formais diminuiu em todo o país. O reflexo deste cenário incentivou o crescimento de microempresas individuais que, segundo dados extraídos do portal Empreendedor, do Governo Federal, cresceu 1,4 milhão nos últimos dois anos. O programa Banco do Povo Paulista se tornou uma importante porta de entrada para o microempreendedor ao viabilizar contratos de até R$ 20 mil, com a menor taxa de juros do mercado, de 0,35% ao mês.

O empréstimo pelo Banco do Povo Paulista tem facilitado a expansão de pequenos negócios, com financiamentos que podem ser pagos de 12 a 36 meses, com carência de até 90 dias. Esse foi o caso de Rogério Pereira Guimarães, de 52 anos. O paulistano conheceu Itanhaém na década de 90, mas, após sair da indústria em que trabalhou, decidiu fixar residência na cidade há cinco anos. Incentivado por um parente, resolveu investir em um pequeno empreendimento que, a princípio, prestava apenas o serviço de telemensagens.

“No primeiro momento eu só adicionei a cesta de café da manhã e de chocolate, mas mesmo assim, eu estava tendo certa dificuldade porque a minha diversificação de produtos era muito pequena. Foi aí que conheci o Banco do Povo. Com o investimento, consegui ampliar meu negócio. Comprei som para o carro, adesivos para personalizar o veículo, máquina de personalização de canecas e impressora”, conta Rogério.

O microempresário está expandindo os negócios. O primeiro empréstimo, em 2014, foi de R$ 3.500,00 e ajudou na compra de equipamentos para a microempresa. O segundo, em 2016, de R$ 6.200,00, foi crucial para a montagem de uma loja física e a adesão de mais equipamentos. “São juros que dificilmente você consegue encontrar em empréstimos bancários. Isso, sem dúvida, foi o que me chamou a atenção”.

No mesmo caminho, só que em ramo diferente, está João Paulo da Silva, 56 anos. Ele possui uma oficina mecânica há 25 anos, anexada à sua casa. O empreendimento é sua principal fonte de renda, no entanto, percebeu-se que para conquistar mais clientes teria que atualizar o ambiente com novos equipamentos e investir no visual da oficina. O jeito foi recorrer ao programa do Governo Estadual: “Em 2012, fiz um empréstimo de R$ 5.800, 00. O segundo fiz este ano no valor de R$ 7.500,00, com taxa de juros quase insignificante”. Ele acrescenta que a linha de financiamento é uma opção ótima. “Aconselho as pessoas procurarem, pois a facilidade é grande”.

Para saber mais informações sobre o procedimento para a confirmação do empréstimo, o microempreendedor deverá procurar a Secretaria de Relações do Trabalho, de segunda a sexta, das 8 às 12 horas e das 13h30 às 16h30, na Avenida Harry Forssell, 1.505, no Jardim Sabaúna. Informações pelos telefones: 3426-9669 e 3426-7674.

Texto e Foto: Comunicação social Prefeitura de Itanhaém

Postagem: Lucas Galante

LEAVE A REPLY