Home Notícias Jornal BEM-TE-VI entrevista Kaio Lima

Jornal BEM-TE-VI entrevista Kaio Lima

485
0
SHARE

Nesta entrevista de perfil para saber mais sobre o lado pessoal e profissional de Kaio Lima.

Você é morador de Peruíbe desde quando ?
Há 26 anos. Filho da terra, nascido em 1989.

Constituiu família durante esse tempo?
Sim minha família é de Peruíbe. O meu avô paterno teve o primeiro posto de gasolina da cidade, ele aqui chegou em 1957. A minha família se desenvolveu aqui e somos felizes nessa cidade.

Qual é sua profissão ? Há quanto tempo trabalha ou trabalhou nela?
Trabalho como gerente administrativo há 6 anos e estou cursando o último ano de engenharia.

Você contribuiu para a história da cidade em algum momento ?

Todo cidadão que vive aqui escreve um pedaço da história desta cidade. Eu acredito que cada momento que vivo aqui é uma parte dessa história.  Gosto muito de trabalho social que participo ativamente na minha comunidade espiritual, desde os 9 anos de idade. Com 11 anos fui vencedor do Primeiro Parlamento Jovem Paulista, representando o município de Peruíbe, no ano 2000. Desenvolvi um projeto sobre reutilização de água, que tive o direito de defender a aprovação como Deputado estadual por um dia.

Quando retornei da Assembleia Legislativa de São Paulo, recebi uma Moção da Câmara Municipal. Guardo essa placa de honra ao mérito até hoje com muito carinho.
Desde então, tenho sido um cidadão tocado pelos problemas da nossa cidade e, portanto, preocupado com o crescimento e bem estar do nosso povo.  Quero continuar dando a minha parcela de colaboração, conforme a vontade de Deus, servindo a todos da melhor maneira possível.

O que te motiva continuar vivendo em Peruíbe ?

Como nasci e cresci aqui, tenho um amor especial de filho por esta cidade. Essa relação afetiva e o meu espírito de cidadania resultam num compromisso com o futuro do município.
Sei que Peruíbe pode ser a cidade que sonhamos, de paz, justiça e amor.

Que seja uma cidade de muitas oportunidades e sonhos realizados, entusiasmando os jovens e confortando os idosos com admirável qualidade de vida. Pois temos potencial para isso.
Dizem que somos a terra da eterna juventude.

Que essa eterna juventude, vivente no coração de todos nós, de todas as idades, prevaleça e reflita sua alegria nas ruas, todos os dias da nossa próspera Peruíbe.

Texto: Lucas Galante

Foto: Divulgação

LEAVE A REPLY