Home Notícias Jornal BEM-TE-VI entrevista Cristen Charles

Jornal BEM-TE-VI entrevista Cristen Charles

647
0
SHARE


Nesta entrevista de perfil para saber mais sobre o lado pessoal e profissional do Diretor Geral da Tv Vale das Artes, entrevistamos Cristen Charles.

Há quanto tempo você reside em Peruíbe ?

Moro em Peruíbe há oito anos, mas frequento a cidade desde que me conheço por gente. Minha relação com Peruíbe remonta da paixão de meu Pai pela cidade, pelo menos 50 dias do ano nós passávamos na cidade. Por isso tenho muitos verdadeiros amigos aqui .

Possui família, filhos ?

Sou casado há sete anos e tenho um filho de 5 anos, chamado Dylan. Um de meus maiores orgulhos é que meu filho é nascido na cidade, tem o espírito peruibense e ele mesmo se auto intitula caiçara. É algo que parece que veio para sacramentar essa relação com o município, sou peruibense, mas por algum motivo, nasci em outra cidade, mas como diz o ditado: o bom filho a casa torna. Se mamãe estivesse esperado mais um dia, teria nascido aqui, pois era Julho, mês de férias de Papai e estávamos em férias na cidade um dia antes de meu nascimento…

Qual é sua profissão ? Há quanto tempo trabalha ou trabalhou nela?

Sou apresentador de TV, repórter, diretor e jornalista, mas antes de mais nada, me considero de fato um “comunicador popular”, a profissão mais linda do mundo. Falar a língua do povo, entender o povo e se expressar para ele é o que sempre quis na minha vida. Estou na profissão ativamente há 12 anos.

Você contribuiu para a história da cidade em algum momento ?

Considero que minha contribuição para com a cidade é no ramo da comunicação e da imprensa séria. Levar informação, mostrar a realidade, de forma séria, mas com uma certa leveza. Nesses quase 8 anos de “Na Mira” colocamos muito o dedo na ferida, fizemos denúncias que deram resultados e lutamos para termos uma cidade melhor, é jornalismo com militância pela cidade, sempre. E isso não é fácil, hoje vemos muitos bons jornalistas que não conseguem manter uma opinião independente na cidade e nós conseguimos isso.

O que te motiva continuar vivendo em Peruíbe ?

O que me motiva a continuar vivendo em Peruíbe é que temos uma cidade para construir e pretendo contribuir quanto a isso.
Embora sofrida, devido a péssimos administradores, Peruíbe continua linda, com uma natureza exuberante e um ar maravilhoso, além de belas praias. Temos tudo para dar certo e sermos uma das protagonistas do turismo na baixada santista.
Tenho um sonho em minha cabeça: em tempos de violência na baixada santista, é importante termos uma cidade segura, com uma GCM forte, armada e preparada, imagine o slogan: “Peruíbe, a cidade mais segura do Litoral Sul”, o resto, a natureza faz para a gente.  Essa cidade tem um potencial gigantesco.

Postagem: Lucas Galante

LEAVE A REPLY