Home Notícias GGIM coordenará força-tarefa nos bairros

GGIM coordenará força-tarefa nos bairros

410
0
SHARE

Uma ação conjunta do Ministério Público Estadual em parceria com as forças policiais e equipes da Prefeitura de Itanhaém irá promover operações tipo força-tarefa na região central e nos bairros. A iniciativa foi proposta durante a reunião mensal do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM), formado por integrantes da Prefeitura, entidades e corporações ligadas com a segurança (Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e Polícia Ambiental). O encontro aconteceu na manhã desta quinta-feira (3), no Paço Anchieta.

O grupo se reúne mensalmente para discutir ações e propor soluções para os problemas relacionados com a segurança. E nesse encontro contou com as presenças do juiz de Direito Paulo Alexandre Rodrigues Coutinho, da 1ª Vara Cível de Itanhaém, e do promotor Guilherme Silveira de Portella Fernandes, da 2ª Promotoria Pública de Itanhaém. Ambos elogiaram a iniciativa de formação do GGIM e se colocaram a disposição para contribuir com os trabalhos de debates e discussão ligados com a área da segurança.

“Esse debate entre setores ligados com a segurança é muito importante, pois permite que cada um conheça de perto os problemas da Cidade e possa sugerir soluções para os mesmos”, comentou o juiz Paulo Alexandre Rodrigues Coutinho.

As operações tipo força-tarefa é feita com secretarias municipais e polícias Civil e Militar nos estabelecimentos comerciais, visando o cumprimento da lei que regulamenta o funcionamento desses locais, evitando eventuais problemas provocados por abusos no que se refere a emissão de barulho em horário inadequado. Pontos movimentados de veículos que emitem ruídos sonoros acima do permitido também são monitorados pelas equipes.

MORADORES DE RUA – A questão dos moradores de rua e dos guardadores de carro, conhecidos popularmente como flanelinhas, foi debatida pelos integrantes do GGIM. Foi acertada a realização de uma futura ação força-tarefa para verificar a situação dos casos registrados. Só em novembro, foram constatados 46 novos casos de pessoas morando em situação de rua, sendo que a maioria desse contingente é proveniente de outras localidades.

O secretário de Relações do Trabalho, Silvio Lousada, colocou a pasta a disposição para tentar encaminhar esse contingente para programas de qualificação profissional. A Prefeitura desenvolve o Programa Mais Oportunidades, que oferece cursos profissionalizantes gratuitos. “Pode se tornar uma alternativa de renda para eles, no futuro. Eles passariam a ter uma nova perspectiva de vida”, concluiu Lousada.

Texto e Fotos: Secretaria de Comunicação Social Prefeitura de Itanhaém
Postagem: Lucas Galante

LEAVE A REPLY