Home Notícias Vereadores rejeitam CEP do Parque da Cidade, mas prefeita responderá por improbidade...

Vereadores rejeitam CEP do Parque da Cidade, mas prefeita responderá por improbidade administrativa

459
0
SHARE

   Seis vereadores votaram contra a abertura de uma Comissão Especial Processante (CEP) contra a prefeita Ana Preto, por causa do descaso com a estrutura esportiva abandonada, no bairro Josedy.

   Precisavam de oito votos, mas apenas sete vereadores votaram a favor. Sendo Ricardo Correa (PT), Cabra Bom, Hertes de França (PTB), Rafael de Sousa (PMDB), Lourival Sampaio Costa (PROS) e Biga que impediram que a CEP fosse aberta.

  A CEP foi aberta pela jornalista Claudete Andreotti, do site Boca de Rua. Esse é o oitavo pedido de CEP  dela. Desde novembro de 2013 ela vem fazendo os pedidos e todos sendo rejeitados pelos vereadores. 

   Entretanto, o Diário Oficial da União publicou, no dia 15 de agosto, que a prefeita passa a responder oficialmente por improbidade administrativa no processo CAO Civil de Tutela Coletiva, aberta pelo Ministério Público sobre o Parque da Cidade.

  “Vereadores são contra investigar a prefeita, se não querem que ela seja investigada é por que deve haver inúmeros erros e deve ser com a participação e conivência desses vereadores que rejeitam todos os pedidos, que se for investigar a prefeita e ficar caracterizado Crime de Improbidade Administrativa, poderá respingar nesses vereadores que são, desde o primeiro pedido, contra e não adianta algumas pessoas participarem das sessões da Câmara, nada inibe a votação contrária dos vereadores, eleitos pelo povo e não pela prefeita”, afirmou a jornalista em seu site.

   O Jornal BEM-TE-VI publicou matéria, em abril, sobre a situação do complexo esportivo  e recentemente a reportagem do CQC (TV BAND) mostrou o estado do local e falou com o chefe de gabinete da prefeitura, André Santana. Ele afirmou que até maio do ano que vem será reaberto o Parque da Cidade.

   Atualmente, o local está sem segurança ou qualquer tipo de fiscalização. Está sem portão, aberto para moradores de rua e outros invasores. A piscina está cheia de lixo, todos os vestiários estão quebrados e com os chuveiros roubados.

   Lembrando que a estrutura foi anunciada como maior complexo esportivo do Litoral Sul  e hoje encontra-se totalmente abandonada.

Nota: Esta matéria foi publicada na edição nº 18 do jornal BEM-TE-VI

Fotos e Texto: Lucas Galante

LEAVE A REPLY