Home Notícias Aumento do IPTU é aprovado na Câmara de Peruíbe

Aumento do IPTU é aprovado na Câmara de Peruíbe

1439
4
SHARE

Foi aprovado, ontem, por 10 votos favoráveis, contra 4 votos contrários, o Projeto de Lei Complementar 009/2013 que estabelece o aumento do Imposto sobre a Propriedade Predial e Urbana (IPTU) para o próximo ano.

Uma emenda ao Projeto foi apresentada de última hora, modificando o Projeto e mantendo a alíquota de 0,6% para os imóveis até R$ 80 mil. Acima desse valor, a alíquota será de 0,8%. 

O vereador André de Paula parabenizou, na rede social, os corretores de imóveis pela mudança na alíquota. “Saúdo todos os corretores de imóveis de Peruíbe, que de pronto, se colocaram contra o aumento do imposto, e de maneira corajosa enfrentaram adversidades hoje aqui na câmara, mas não arredaram o pé. A campanha desenvolvida pelos corretores, trouxe muitas pessoas à Câmara, e com toda a certeza, ajudou muito para que a prefeita revisse a alíquota, abaixando-a para um patamar menos injusto”, parabenizou. 

Em seguida da sessão, o vereador Dr. Luiz Maurício postou em sua fan page no Facebook, justificando os motivos de seu voto. “Votei contrário às Emendas e ao Projeto porque acredito que para aumentar a arrecadação, primeiro a Prefeita precisa fazer a lição de casa, reduzindo as despesas e otimizando as formas de arrecadação. Aumentar o imposto antes dessas medidas é uma forma preguiçosa de elevar a arrecadação”, comentou. 

Votaram também contra o projeto, os vereadores André de Paula, Nilsão Pereira e Bahia. Os vereadores que votaram a favor do projeto foram: Hertes de França, João Estevam Bezerra, Jose Ivo dos Santos, Lourival Sampaio Costa, Marcos Mohai Szabo, Mari Laila Tanios Maalouli, Osvaldo José Pinto, Rafael Vitor de Souza, Rubens Rodrigo Gomes Júnior e Ricardo Corrêa dos Santos. 

O projeto ainda tem chance de rejeição. Na próxima quinta-feira às 18 horas, haverá a segunda votação do Projeto na Câmara Municipal. 

4 COMMENTS

  1. Para não esquecer que foi aprovado também o aumento da taxa de iluminação publica, sendo que os pontos negros da cidade são enormes e deficitários. mais uma vez parlamentares qual cera as desculpas dessa imoralidade pelo visto votaram no escuro.

LEAVE A REPLY